Por que se chama ladrilho hidráulico

ladrilho hidráulico na parede

Os ladrilhos hidráulicos são peças bastante utilizadas em sinalização de vias públicas, calçadas e até mesmo na decoração de ambientes. Mas você já se perguntou por que ele recebe este nome e qual a diferença dele para o azulejo? A partir de agora, todas as suas vidas sobre esse assunto serão resolvidas.

Confira a seguir o guia completo sobre ladrilhos hidráulicos:

Por que o ladrilho hidráulico recebe esse nome?

Para esclarecer essa dúvida, é importante que antes você entenda como funciona o processo de fabricação de um ladrilho hidráulico.

  • Elaboração de moldes

Os moldes de ladrilho hidráulico são feitos em bronze e elaborados especialmente para cada tipo de desenho e as diferentes cores que serão utilizadas.

  • Ajuste em formas de ferro

Esses moldes são então organizados em uma grande forma de ferro, que irá funcionar para fazer a borda externa do ladrilho hidráulico.

  • Preenchimento do molde

Essa é a parte mais delicada do trabalho e exige bastante trabalho artesanal, pois cada parte do molde de bronze é preenchida com uma mistura líquida com pigmentação (que serão as cores que os ladrilhos terão ao final) a base de óxido de ferro, pó de mármore e para finalizar cimento branco.

Para garantir que os líquidos não se misturem, todo esse processo é feito de maneira individualizada e as camadas são adicionadas uma por vez.

  • Retirada do molde de bronze

Depois que todas as camadas já estão secas, o molde de bronze é retirado e a superfície colorida (que recebeu os pigmentos) é então coberta com uma mistura seca e logo após uma úmida, para a fixação e acabamento das peças.

  •  Prensagem

O ladrilho é então levado para uma prensa hidráulica que funciona como uma espécie de fixador e uma das etapas mais importantes para garantir a qualidade e durabilidade de cada ladrilho.

  • Retirada do molde de ferro

Depois que o ladrilho já passou pela prensa, ele pode ser enfim retirado do molde de ferro.

  • Descanso

Para garantir que o processo de secagem e prensa funcione da maneira correta, o ladrilho hidráulico deve descansar por 24 horas.

  • Mergulho em água

Como uma das etapas finais, o ladrilho hidráulico é mergulhado em água por aproximadamente oito horas antes de seguir para a próxima etapa do processo.

  •  Processo de cristalização do cimento

Por fim, os ladrilhos são armazenados por quatro semanas na sombra para terminar a cristalização do cimento. Somente após essa etapa eles estarão prontos para uso.

Com todos esses passos em mente, é possível entender a razão do nome ladrilho hidráulico, pois diferente de outros tipos de revestimento, como o exemplo do mármore e da cerâmica, o ladrilho hidráulico pode ser produzido sem que haja a necessidade de cozimento da peça e sim, com o uso de uma prensa hidráulica que é capaz de moldar as peças e unir todos os elementos utilizados, formando um só ladrilho.

Qual a diferença do ladrilho hidráulico para o azulejo?

Tanto o ladrilho hidráulico quanto o azulejo são considerados importantes revestimentos e estão presentes em diversas residências brasileiras. Porém, devido a semelhança de formatos e utilização, podem ser facilmente confundidos ou até mesmo encarados como a mesma coisa.

No entanto, ambos são acabamentos diferentes e que trarão diferentes resultados ao acabamento final. Para que você não cometa esse erro e tenha em mente quais são as diferenças entre o ladrilho hidráulico e o azulejo, confira o guia completo a seguir:

  • Azulejo

Azulejo decorativo

 

O azulejo possui grande importância histórica e está presente em diversas obras ao longo da história da humanidade, persistindo até os dias atuais como peças de decoração.

A grande praticidade do azulejo advém, principalmente, da impermeabilidade da peça que só possível graças à uma cama vítrea de revestimento para acabamento da peça. Devido essa característica, os azulejos são presenças constantes em cozinhas ou locais onde o revestimento necessita passar por limpezas constantes.

Apesar da baixa necessidade de manutenção, os azulejos possuem prazo de validade, já que com o tempo e as lavagens, acaba passando por um processo de estufamento que exige que a peça completamente removida e substituída por outra.

  • Ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico é uma tendência que dominou o século 19 e hoje é possível ser encontrada em diversos castelos e construções europeias dessa data.

Com a moda de decorações personalizadas e também da valorização do trabalho artesanal, essa peça voltou com tudo e agora está de novo nos projetos de arquiteturas das cidades e também de design de interiores.

A grande diferença para o azulejo, é que o ladrilho não possui brilho e seu acabamento é rústico, já que as peças são preparadas uma a uma. Outro item importante, é que as peças são feitas de cimento e por isso são porosas, para evitar danos e manchas é preciso aplicar uma resina após o acabamento da peça e também que uma manutenção a cada 15 dias seja feita com a aplicação de uma cera incolor liquida.

Uma grande vantagem do ladrilho hidráulico é que este não sofre os efeitos de dilatação assim como o azulejo e por isso, dispensa o uso de rejunte na sua instalação. Porém, por se tratar de peças artesanais a espessura de cada uma pode variar, o que exige a presença de um profissional especialista no assunto na hora de fazer a aplicação e nivelação do piso.

Para a instalação do ladrilho, é necessário também que o chão tenha um contrapiso impermeabilizado - esse processo evita infiltrações e faz com que a vida útil do ladrilho hidráulico aumente consideravelmente.

A aplicação do ladrilho hidráulico pode ser feita tanto no chão quanto nas paredes, o que torna a peça um elemento bastante versátil e que pode facilmente se adaptar aos projetos de arquitetura e também ao desejo de quem estiver realizando a obra.

© Copyright 2019, Mosaicos Amazonas | Especialista em Ladrilho Hidráulico e Piso Tátil de Concreto